Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Ser tua Mãe

Uma espécie de diário desde o dia que soube que ia ser tua Mãe.

Uma espécie de diário desde o dia que soube que ia ser tua Mãe.

Ser tua Mãe

01
Abr18

Faz hoje 1 ano que vi aquela risquinha.

para ti.

Sabes filho poderia dizer que não me lembro dos dias sem ti mas lembro muito bem! Mas tudo parece distante... 

Ainda bem que me lembro porque assim sei o quanto vazia e sem sentido era a minha vida. Eu era feliz mas não havia um sentido na minha vida.

As memórias de quando éramos só dois a sonhar ser três são tão boas de recordar apesar de cada vez menos nítidas.

Lembro-me agora o quanto vazio era o meu colo e o tempo livre que tinha e me aborrecia. O silêncio da nossa casa arrumada e com tudo no sítio.

Algo que não me consigo lembrar era o de não sentir o teu cheiro e o teu toque. Hoje isso faz parte de mim.

O amor que todos os dias cresce, desde há 1 ano, transborda e me transforma numa pessoa diferente. Sou mãe.

Antes de te ver, eu já te amava. Aquela risquinha no teste de gravidez criou um amor sem dimensão ou comparação. Um amor que aumentou todos os dias. A cada pontapé, a cada enjoo, a cada dor...

Quando nasces-te percebi que o que sentia era apenas uma sombra do que me farias sentir todos os dias para resto de toda a minha vida.

Todos os dias sou invadida por uma onda de amor interminável e que abala todas as partes de mim.

Um cansaço que desaparece ao olhar para os teus olhos e quando te ouço sorrir. 

Tenho vindo a perceber que todos os “Eu nunca farei…” ou “Eu farei desta maneira…” agora têm outra dimensão.

Percebi e, todos os dias relembro, que nenhuma de nós mães independentemente das nossas escolhas está errada, cada uma faz o melhor possível!

Desde aquele dia que vi a risquinha algo mudou mas mais quando nasceste e entrei contigo na nossa casa...

Foi uma mudança tão drástica que palavras não chegam para explicar. Uma mudança que me custou a aceitar. Que me inunda de duvidas e certezas, de medo e coragem, mas a cima de tudo de amor. Nasceu uma nova eu.

Todos os dias a teu lado cresço mais um bocadinho e mudo e renasço.

Desde aquele dia que a minha vida virou do avesso e mal eu sabia que o avesso era o meu lado certo. ❤

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

Calendário

Abril 2018

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.