Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Ser tua Mãe

Uma espécie de diário desde o dia que soube que ia ser tua Mãe.

Uma espécie de diário desde o dia que soube que ia ser tua Mãe.

Ser tua Mãe

17
Jun18

Noites longas.

para ti.

Olho à volta e parece que todos os bebés já dormem menos tu.

Os dias vão passando as noites são um terror... acordas um número infinito de vezes porque não consegues ligar ciclos de sono. E eu... eu estou exausta.

Desculpa filho mas um dia vais perceber que apesar de tudo eu não sou de ferro. Há noites que me sinto capaz e outras que me apetece sei lá desistir... mas desistir de quê? A tortura do sono é algo que só quem passa sabe entender. É duro muito duro.

De dia fazes sestas curtas ou então não queres dormir... tudo é novo para ti e queres descobrir tudo, mas o sono faz-te falta filho.

Um dia quero que leias isto e digas: "a sério mãe? eu não dormia?" Pois filho dormias... mas muito mal. Eu é que mal durmo... e o cansaço apodera-se de mim e não me faz ser a melhor mãe que queria ser. Tento todos os dias que não sintas o meu cansaço extremo mas confesso que não é fácil.

Amo-te com todas as minhas forças mesmo que por vezes elas pareçam que não existem.

Tenho esperança... esperança que as noites melhorem e que eu possa voltar a sentir-me bem.

05
Jun18

6 meses de ti.

para ti.

6 meses ❤
Há 6 meses nasceste e há 6 meses renasci.
Nestes 6 meses aprendi o que é chorar de desespero, o que é sorrir de conquista, o que é amor verdadeiro e incondicional.
Aprendi a ser melhor pessoa, melhor mulher e vou aprendendo a ser melhor mãe possível.
Já não sei o que seria das nossas vidas sem os teus sorrisos matinais, sem os teus pontapés e sem as tuas unhas cravadas no meu peito. Já não sei o que é silêncio e quando ele existe que saudade de te ouvir...
Meu filho daqui para a frente é que a aventura vai começar. A educação que te vou dar será com vista a que este mundo se torne um mundo melhor e mais justo. Vou fazer os possíveis e impossíveis para te tornar um grande homem.

21
Mai18

Dias intensos que voam.

para ti.

E os dias vão passando meu filho. Eu vou melhorando como mãe e tu vais crescendo como filho.

Já mudaste tanto, o choro agora é pontual, já começas a perceber o mundo à tua volta e tentas mexer-te cada vez mais. Estás grande... és mesmo um bebé grande e bonito. Tens um sorriso maravilhoso e tens uns sons que me levam ao paraíso. Mal posso esperar para te ouvir falar pela primeira vez.

Esta semana começamos uma nova fase. Vais começar a comer sopas! As papas não achaste grande piada, espero que com as sopas a coisa corra melhor.

Temos saído mais, e saído a 3. E tem sido tão bom. Já te portas tão bem...

As sestas já têm sido na tua cama ou na sala, já pouco pedes o meu colo para dormir. Adoras brincar sozinho num cantinho que fizemos para ti na sala... mas não te podemos tirar os olhos de cima porque já te mexes muito bem.

Ainda temos mês e meio de namoro pela frente só nós. E foi a melhor decisão que tomei na minha vida.

Daqui a pouco já passou meio ano e o tempo que passamos juntos é tão intenso mas voa... se voa...

 

Love you my boy <3

13
Mai18

Entre tu e eu.

para ti.

Isto da amamentação não é um mar de rosas como sempre me pintaram.

No início parecia ser uma missão impossível. Tinhas uma boa pega mas chateaste-te com a mama e choravas assim que te punha no peito. Disseram logo que eu não tinha leite... o meu mundo desabou ali. Não me perguntem porquê, eu nem tinha grande sonho de amamentar, mas quando nasceste eu renasci e ali ao ver-te queria mais que tudo dar-te mama.

Vim para casa destruída pela forma como trataram as minhas mamas e pela obrigação que senti em te dar leite em pó. Mas... não desisti. Não acreditei na história de "não ter leite". Todos os dias te oferecia a maminha e todos os dias estimulei à espera da descida do leite. Tinha esperança que quando o leite aparece-se tu aceitasses a mama. E assim foi... depois de quase 2 semanas a tentar e tu a chorar na mama eis que um dia pegaste. E nunca mais a largaste.

Hoje já passaram 5 meses de amamentação exclusiva. Não sou nenhuma fanática da amamentação e compreendo o porquê de muitas mães desistirem... não é nada fácil, nada mesmo. Há noites que só apetece desistir e dias que só apetece fazer um biberão para ter umas horas de descanso...

Mas... eu adoro. Para além de todos os benefícios para ambos, é um momento entre só tu e eu.

E aqui estamos nós, no quarto só tu e eu. Tomaste banho, brincaste com o pai a mãe dá maminha e tu ali ficas junto a mim até ficares satisfeito e muitas vezes até dormires.

Adoro quando me olhas quando mamas e adoro o sorriso que fazes quando largas a mama e o suspiro que dás. É algo tão único tão intenso.

É algo entre tu e eu. 💖💖

06
Mai18

Ser tua Mãe.

para ti.

Sim, o título do blog.

Porque mais que ser mãe sou a tua mãe. Aquela que te observa a dormir e sente que o mundo é tão pequeno comparado ao amor que cresce todos os dias no meu coração.

Aquela que te enche de beijos só para sentir o teu cheiro e ver esse teu sorriso.

Aquela que te pega na mão à noite para te acalmar.

Aquela que não dorme para te dar maminha.

Aquela que faz tudo para estares bem e feliz.

Aquela que às vezes fraqueja quando não sabe como te acalmar.

Aquela que grita de alegria quando te vê a fazer algo novo.

Aquela que irá por-te sempre em primeiro lugar para tudo na vida.

O meu primeiro dia da Mãe de muitos que virão 💖

Obrigada meu Matias por me tornares Mãe uma verdadeira Mãe.

05
Mai18

5 meses de ti.

para ti.

E mais um mês! E eu vou ficar contigo mais 2 meses em casa... preciso e tu precisas. O que é mais importante que isso? Nada. Uma decisão que teve de ser tomada para bem do meu equilíbrio físico e mental (longas noites sem dormir) e para o teu equilíbrio emocional.

- já rebolas

- já tentas gatinhar

- imitas os nossos lábios quando falamos contigo

- imitas o mastigar quando nos vês comer

- ficas sério com as outras pessoas mas quuando vês os teus pais sorris

- as sestas passaram ser em qualquer lado mas continuam curtinhas

- adoras a Naevia 

- já pesas 8kg!

- as noites ... bom nos últimos dois dias dormes na tua cama e melhor... mas não quero mandar foguetes 😂

 

Amo-te meu pequenino buda 💗

24
Abr18

O tempo voa.

para ti.

Daqui a um mês já estou a trabalhar. É certo que será só de manhã mas sinto um aperto no coração por saber que vou ter de te deixar 5horas. Só eu sei como te adormecer, só eu sei as sestas turbulentas que tens que exigem paciência e dedicação. Só eu sei o colo que precisas e só eu tenho a maminha que tanto procuras.

Sei que vais ficar bem mas eu não. Logo agora que passamos o dia a "conversar", logo agora que dás gargalhadas com as palhaçadas que nós fazemos, logo agora que mal choras e logo agora que já vamos os 2 às compras e passear sem stress.

Logo agora que estou a curtir o bebé lindo e feliz que estás é que vou ter de perder 5h por dia longe de ti.

Como passou isto tão rápido?

Como já fazes 5 meses para a semana?

Como é possível já teres 8kg?

Ai meu amor... como eu e o teu pai dizemos "se soubesses o quanto te amamos deixavas-nos dormir de noite" 😂😂

Vem aí o calor e o bom tempo e estou ansiosa para por essa pernoca de fora e ir mostrar-te o mar... a praia.

💗

05
Abr18

4 meses de ti.

para ti.

E já lá vão 4.

- Continuas a gostar da maminha e é o que mais te consola 

- já viras de barriga para cima quando te metemos de bruços 

- agarras os brinquedos todos

- metes as mãos a boca e tudo o que estiver por perto 

- dás as gargalhadas mais lindas que alguma vez ouvi na vida

- suspiras para mim e sorris quando te dou maminha 

- o choro tem diminuído 

- as sestas continuam a ser ao colo e curtinhas 

- já não lutas tanto contra o sono 

- adoras brincar no tapete de atividades

- adoras ouvir o teu pai a falar

- já estendes a mão à Naevia e já levaste uma lambidela dela

- mexes muiiiitooo e rastejas 

- ficas chateado quando não consegues pegar em algum brinquedo e rosnas como eu 😏

- Estás enorme e cada vez mais bonito

- és a cara do teu pai mas o feitio é o da mãezinha 

- de manhã acordas sempre a "falar" e a sorrir

- as noites ... bom fica para depois 😂

 

Amo-te meu pequenino 💗

01
Abr18

Faz hoje 1 ano que vi aquela risquinha.

para ti.

Sabes filho poderia dizer que não me lembro dos dias sem ti mas lembro muito bem! Mas tudo parece distante... 

Ainda bem que me lembro porque assim sei o quanto vazia e sem sentido era a minha vida. Eu era feliz mas não havia um sentido na minha vida.

As memórias de quando éramos só dois a sonhar ser três são tão boas de recordar apesar de cada vez menos nítidas.

Lembro-me agora o quanto vazio era o meu colo e o tempo livre que tinha e me aborrecia. O silêncio da nossa casa arrumada e com tudo no sítio.

Algo que não me consigo lembrar era o de não sentir o teu cheiro e o teu toque. Hoje isso faz parte de mim.

O amor que todos os dias cresce, desde há 1 ano, transborda e me transforma numa pessoa diferente. Sou mãe.

Antes de te ver, eu já te amava. Aquela risquinha no teste de gravidez criou um amor sem dimensão ou comparação. Um amor que aumentou todos os dias. A cada pontapé, a cada enjoo, a cada dor...

Quando nasces-te percebi que o que sentia era apenas uma sombra do que me farias sentir todos os dias para resto de toda a minha vida.

Todos os dias sou invadida por uma onda de amor interminável e que abala todas as partes de mim.

Um cansaço que desaparece ao olhar para os teus olhos e quando te ouço sorrir. 

Tenho vindo a perceber que todos os “Eu nunca farei…” ou “Eu farei desta maneira…” agora têm outra dimensão.

Percebi e, todos os dias relembro, que nenhuma de nós mães independentemente das nossas escolhas está errada, cada uma faz o melhor possível!

Desde aquele dia que vi a risquinha algo mudou mas mais quando nasceste e entrei contigo na nossa casa...

Foi uma mudança tão drástica que palavras não chegam para explicar. Uma mudança que me custou a aceitar. Que me inunda de duvidas e certezas, de medo e coragem, mas a cima de tudo de amor. Nasceu uma nova eu.

Todos os dias a teu lado cresço mais um bocadinho e mudo e renasço.

Desde aquele dia que a minha vida virou do avesso e mal eu sabia que o avesso era o meu lado certo. ❤

23
Mar18

Desculpa filho.

para ti.

Desculpa por às vezes não saber como te acalmar;

Desculpa por chorar de cansaço quando finalmente adormeces depois de chorares com sono;

Desculpa se não sou suficientemente forte para cuidar de ti;

Desculpa por às vezes quando choras inconsolavelmente eu chamar o teu pai ou a tua avó para me ajudar;

Desculpa se olhas para mim e me vês triste;

Desculpa se sentes algo que eu não sei o que é e não te ajudo;

Desculpa meu amor por aqueles dias que acho que não aguento mais.

Desculpa filho, mas eu amo-te da maneira difícil que és e podes ter a certeza que sem ti já nada faria sentido na minha nossa vida.

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

Calendário

Junho 2018

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.